“Hablamos del cuidado de los animales y las leyes en México”

Causa Animal Notícias

Boa parte da população do Planeta Terra já tomou consciência de que não há outra maneira de conviver com a natureza, com os animais e com as outras pessoas, que não seja de forma pacífica e pacificadora.

Resultado de imagem para planeta gaia animais

Para muitos, esse discurso ainda parece como algo muito utópico, coisas de um sonhador, que vive flutuando no mundo das ideias e aspirações que nunca se concretizarão.

Mas por mais insensível que uma pessoa possa ser em relação as mudanças e transformações que não voltarão mais atrás, cada vez mais fica claro e inegável que estamos entrando numa Nova Era, numa Nova Terra onde aquela cultura antiga está com os dias contados e muitos hábitos que pareciam eternos e imutáveis se tornam cada vez mais voláteis às inegáveis transformações, de difícil ingestão e digestão para os ditos insensíveis.

Resultado de imagem para homem e animal em harmonia

A Cultura de Violência está cada vez mais dando lugar ao movimento sutil e poderoso, contínuo e profundo, das ondas de luz que permeiam as mentes e as almas de todos os seres que convivem nesta grandiosa e maravilhosa biosfera que chamamos de Gaia, moldando sorrateiramente uma Cultura de Paz.

Temas que antes só passavam pelas mentes mais brilhantes nos excelsos montes acadêmicos, hoje são facilmente postos em “xeque-mate” pelas nossas crianças, que parecem já virem a este mundo com um novo software, um sistema operacional quântico instalado, no qual já não rodam ideias que outrora pareciam grandes elucubrações mentais de grandes e eleitos pensadores.

.

.

A média da humanidade está crescendo de forma suave, ordenada e vigorosa, tornando o novo medíocre um gênio das antiguidades.

Todos estamos subindo feitos passageiros de um navio que numa eclusa, está mudando de nível para navegar em outras águas mais elevadas.

Resultado de imagem para eclusa

Quem poderia imaginar que estaríamos debatendo sobre os malefícios que os fogos de artifício fazem aos animais, à natureza, ao homem e enfrentando hábitos consolidados à séculos de comemorações que festejam algo em detrimento do bem comum.

Como nossos avós poderiam imaginar que um dia, pessoas estariam se mobilizando para criarem alternativas às culturas de violência consolidadas, que se auto justificam como costumes, como tradição?

Matar animais e derramar todos os dias uma quantidade enorme de sangue no mundo todo, ainda para muitos tem suas justificativas!

Para a Cultura Carnívora parece tão óbvio a sua sobrevivência, pois afinal,

como vamos alimentar a população humana se não matarmos os animais para depois comê-los?

Você sabe quanto dinheiro movimenta a mortandade dos animais?

Você sabe quantas famílias dependem da morte dos animais para viverem?

 

Resultado de imagem para agropecuária é tudo

 

Argumentos como esses “aos poucos” vão perdendo força, na medida que

 

as nossas crianças já não veem a menor graça nesses argumentos e a sua inteligência e seus próprios corpos repudiam a ingestão do sofrimento alheio.

 

Diante deste novo quadro que se está sendo pintado à frente de nossos olhos, mesma daqueles que não querem enxergar, é que vemos debates como o que passamos a seguir, onde nossa parceira do PROJETO BANDEIRA DA PAZ ∕ III MOSTRA CULTURAL BANDEIRA DA PAZ 2021, da Cidade de Morelia no México, a jornalista Gabriela Alcántar participou, na busca da concretização a nível público de novas formas de ver e agir no Mundo, onde “Hablamos del cuidado de los animales y las leyes en México”.

 

#planetapaz #bandeiradapaz

 Prof. Lino Azevedo Júnior

 

 

En el programa Parodiando BB la noticia realizamos una entrevista con el dirigente del partido verde ecológista de Morelia, Michoacán, México. Jonathan S. Villa.
Dentro de la entrevista hablamos de las leyes e iniciativas impulsadas desde el congreso del Estado para dar educación sobre el cuidado y protección de los animales así como nuestro medio ambiente…

Gaby Alcántar – Jornalista Mexicana

.

 

 

Para saber mais sobre o PROJETO BANDEIRA DA PAZ e para saber como foi a III MOSTRA clique na imagem acima

.

Cidade de Londrina, Paraná, BRASIL.

Exemplo de Política Pública a ser seguido. Confira!!!

Na Cidade de Londrina, Estado do Paraná, BRASIL, existe um decreto municipal que proíbe a soltura de fogos com estampido, e lá, a Sociedade de Londrina não solta rojões com estampido, e se por acaso algumas pessoas soltarem, a Sociedade (unida nos três Setores: Poder Público, Iniciativa Privada e Sociedade Civil), não se omite e tomam as medidas de conscientização, educativas e inibidoras. Confira o vídeo “Londrina sem fogos. Palavra do Prefeito e da vereadora Daniele Ziober”.

.

.

Sem fogos com estampido!!! Sem Dor e Sofrimento nas Cidades

.

UNIÃO E PAZ

 

#planetapaz #bandeiradapaz

4 thoughts on ““Hablamos del cuidado de los animales y las leyes en México”

  1. Muito bom o artigo do Prof.Lino. É uma pessoa que está à frente do seu tempo, fazendo a diferença, tornando este Planeta um pouco melhor. A Paz começa com pequenos ou grandes gestos individuais, e o Professor sabe muito bem como praticar estas ações. Parabéns!

  2. Ótima reflexão, muito oportuna para pais entenderem o que iremos viver com essa nova geração, que veio cheia de ideias e novos conceitos de mundo. O texto traduz uma realidade que nos que temos filhos precisamos refletir para ter um diálogo mais saudável, aprender com eles o que não nos foi ensinando. Parabéns ao Professor Lino que trás de forma sensível um tema muito complexo, ainda com o mercado financeiro falando mais alto. Mas a ideia está plantada na mente da nova geração, tudo que se semeia com amor colhe frutos generosos.

  3. Sou Protetora de Animais desde muitos anos e vegetariana também. A maioria da humanidade crê que a carne é um benefício para o corpo, um grande engano, desde que me tornei vegetariana há 20 anos tenho uma saúde ótima, sofria de fibromialgia (dores terríveis por todo o corpo, inflação nas juntas, etc.), após alguns meses sem comer carne de qualquer ser vivo minhas dores desapareceram, tudo mudou, inclusive espiritualmente, pois minha consciência se elevou, tudo se tornou mais claro, isto porque eu não ingeria mais as dores e o medo que estes animais sofrem no abate. Faço exame de sangue todos os anos e está ótimo, sem ausência de proteínas no corpo (proteínas existem em outros alimentos também).
    A humanidade deve ser conscientizada que os animais não estão nesta planeta para saciar a gula e o prazer humano e sim para nos proporcionar alegria, bem estar e amor. E devemos iniciar com as crianças este despertar de consciência, para que o futuro seja de mais compaixão, compreensão, ética e amor aos nossos irmãos não humanos, sim irmãos, porque são senciente (sentem dor, alegria, prazer, tristeza), somos iguais em muitos aspectos. Não temos o direito de usá-los como objeto de qualquer forma de prazer. Os que tem a consciência disto já iniciaram a luta pela liberdade dos animais o que é muito promissor e chegará o dia em que a humanidade desperta olhará para trás e verá o quanto ela vivia em desamor, o quanto ela foi cruel e cega de amor com estes senciente que nos amam e o quanto ela traiu quem confiava cegamente nela.

  4. Excelente reflexão Prof. Lino. Sim a paz se inicia por pequenos gestos que o Sr. Defende tão habilmente. O nosso mundo está mudando e a consciência coletiva ancorada num olhar ampliado e significativo altera a forma de ver e lidar com tido ao nosso redor. Creio sim que vivemos um momento de clareza e muito amor que sintoniza o bem estar da natureza e de todos humanos, animais e bio sistema…grata por tornar possível essa excelente reflexão…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.