Instituto Padre Haroldo na IV MOSTRA CULTURAL INTERNACIONAL BANDEIRA DA PAZ 2022

IV MOSTRA CULTURAL INTERNACIONAL BANDEIRA DA PAZ 2022 Notícias

Num clima de muita tranquilidade e de acolhimento, fomos recebidos hoje, dia 22 de março de 2022, com muito carinho, no INSTITUTO PADRE HAROLDO em Campinas que confirmou com muito entusiamo sua participação na IV MOSTRA CULTURAL INTERNACIONAL BANDEIRA DA PAZ 2022.

.

Presidente do Instituto Padre Haroldo, Sra. Lucia Decot Sdoia, Prof. Lino Azevedo Jr. e Sra. Limercy Del Alamo.

.

Nesta oportunidade recebemos das mãos da Presidente, Sra. Lucia Decot Sdoia e da Sra. Limercy Del Alamo, a Carta de Apoio Institucional, o que muito nos honrou.

.

.

E também foi com muita alegria que recebemos a informação que o INSTITUTO participará com 3 projetos socioeducativos que culminarão em apresentações artísticas.

Um projeto de música que envolve adultos assistidos pelo INSTITUTO, um projeto de exposição de pinturas que envolve 650 crianças assistidas e um projeto de yoga!!!

Não vamos entrar em detalhes para deixar a surpresa para o dia 25 de julho, dia da nossa IV MOSTRA CULTURAL INTERNACIONAL BANDEIRA DA PAZ 2022, mas dá para adiantar que muita coisa bonita e emocionante está por vir.

.

clique na imagem acima e saiba mais no site ofical do IPH

.

Conheça um pouco do trabalho maravilhoso desenvolvido pelo INSTITUTO PADRE HAROLDO:

.

Prof. Lino A. Jr. com o saudoso Padre Haroldo

.

 

Para saber mais sobre o PROJETO BANDEIRA DA PAZ e para saber como foi a III MOSTRA clique na imagem acima

Chroma Key "Deixe seu comentário" - YouTube

 

 

2 thoughts on “Instituto Padre Haroldo na IV MOSTRA CULTURAL INTERNACIONAL BANDEIRA DA PAZ 2022

  1. Прославленный писатель Лев Николаевич Толстой говорил: ” Люди, которые признают войну не только неизбежной, но и полезной и потому желательной, — эти люди страшны, ужасны своей нравственной извращенностью.” А Вы согласны с таким именитым писателем ?

    1. Tradução pelo Google Tradutor: O famoso escritor Leo Nikolayevich Tolstoy disse: “As pessoas que reconhecem a guerra não apenas como inevitável, mas também útil e, portanto, desejável, essas pessoas são terríveis, terríveis em sua perversidade moral”. Você concorda com um escritor tão eminente?

      Essa percepção da guerra como “inevitável, mas como também, útil, portanto desejável”, na perspectiva da Cultura de Paz é incompatível e lamentável. Mas de qualquer maneira, prefiro focar os pensamentos, palavras e ações na Paz, na perspectiva do Amor e Paz, para não cairmos na armadilha de julgarmos uns aos outros.
      Pelo que sei, Leo Tostoy se inspirou no evangelho de Jesus de Nazaré para seus escritos, onde fala sobre a “Não-Violência” inspirado na passagem do evangelho, onde Jesus teria dito que “Eu, porém, vos digo: não resistais ao homem mau; mas a qualquer que te bater na face direita, ofereça-lhe também a outra”, para não revidar violência com violência.

      Percebe-se que são visões antagônicas sobre a Guerra e Paz.
      Preferimos a segunda visão, a de Jesus Cristo.

      Grato pelo comentário,
      Paz e bem!!!!
      Prof. Lino A. Jr.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.