“Senhor, fazei de mim instrumento de vossa Paz”

Coluna Prof. Lino Notícias Pacifistas

DEVANEIOS DE UMA PANDEMIA

Hoje, 04 de outubro de 2021, é dia de São Francisco de Assis… o que me faz lembrar daquele que me apresentou o evangelho de Jesus… me apresentou, não me mostrando um livrinho… mas com sua vida de lutas intensas tentando domar o “burrinho”, e ao mesmo tempo, uma vida cantada com doçura, alegria e tamanha suavidade ao compreender e se entender com as flores, com os passarinhos, com nossos irmãos menores, com o irmão Sol e a nossa irmã Lua.

Numa prece que mais parece um poema, cantada por muitos pela sua beleza e harmonia, me encantei num primeiro momento ao sentir com a alma tão sublime mensagem de paz e harmonia com o Criador… mas depois ao olhar com mais cuidado o conteúdo da mensagem, me arrepiei diante de tamanha severidade das orientações.

Por acaso é mais fácil compreender do que ser compreendido? Por acaso é mais fácil me calar e no silêncio desejar sinceramente o bem do outro que me ataca com seus julgamentos e sentimentos vis?

Por acaso é mais fácil, no furor da situação, perdoar aquele que me ofende ou ofendê-lo com maior sagacidade e violência, visto que sei que tenho mais ferramentas do que aquele infeliz?

Por acaso é mais fácil amar os meus “inimigos” em vez de me vingar, já que perante a minha “justiça” tenho toda a razão?

Oh… meu amado Francisco… como pôde me deixar tamanha missão, dura e exigente, que é domar o meu “burrinho”…

O meu “burrinho” é muito arrogante que se envergonha em só de pensar em seu nome… oh, filho da humildade…

Não contente com tamanho desafio proposto, ainda me vem com: “Senhor, fazei-me instrumento de vossa Paz”…

Justo eu, orgulhoso guerreiro sarcástico e estrategista conhecedor de todos os caminhos da guerra?

Por isso sou imensamente grato a Ti, oh “Filho Amado”… por me mostrar o TAO do caminho interior, o caminho para a Luz…

Para que eu leve a Luz onde houver trevas em meu interior e amar a Deus e a oportunidade da vida, para que o velho homem morra e que vivamos para a vida eterna… Gratidão infinita, meu pai Francisco…

Paz e bem…

Prof. Lino Azevedo Júnior

04 de outubro de 2021

.

Cena do filme “IRMÃO SOL, IRMÃ LUA”:

 

 

Oração de São Francisco com Luan Santana:

 

 

 

Para saber mais sobre o PROJETO BANDEIRA DA PAZ e para saber com foi a III MOSTRA clique na imagem acima

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.