MEDITAÇÃO MUNDIAL DA PAZ

Coluna Prof. Lino Educação para a Paz

Penso que existe uma diferença importante entre o discurso que diz “MEDITAÇÃO MUNDIAL DA PAZ” e o que diz “MEDITAÇÃO MUNDIAL PELA PAZ”.

No primeiro é como se fosse a própria PAZ meditando sobre Si-Mesma e espraiando sua onda ao derredor, espraiando sua onda por todo o Planeta.

E onde está esta PAZ? esta Fonte de Energia de Paz e Pacificadora?

Bem, ela está no fundo de nossa alma, na Essência de nosso Ser.

Então neste primeiro discurso, o apelo é para uma interiorização para depois dar vazão ao exterior desta energia que foi potencializada através de nossa mente, de nossa consciência, de nossa atenção.

.

.

Já no segundo discurso que diz “MEDITAÇÃO MUNDIAL PELA PAZ”, é um apelo direcionado ao exterior, como que, estivéssemos pedindo à alguém do exterior que providenciasse a Paz pela qual meditamos.

Neste segundo discurso tiramos a responsabilidade que temos sobre a Paz Pessoal, Social e Planetária, para depositarmos nossas expectativas  e esperanças em pessoas e sistemas que estão fora de nós, soando como uma reivindicação ao exterior, exterior este que temos pouco ou nenhum controle.

São duas formas de Cultivar a Cultura de Paz.

A primeira que diz “MEDITAÇÃO MUNDIAL DA PAZ” é primordial para que possamos reivindicar a “MEDITAÇÃO MUNDIAL PELA PAZ”.

A segunda sem a primeira perde força, autoridade e eficácia.

A primeira é primordial e independente da segunda já cumpre o seu papel de cultivar e fortalecer a Paz Pessoal, Social e Planetária.

Prof. Lino Azevedo Jr.

Campinas, 30 de agosto de 2021

.

.

 

Para saber mais sobre o PROJETO BANDEIRA DA PAZ e para saber com foi a III MOSTRA clique na imagem acima

 

.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.